Medicina Chinesa

COVID-19

FASES DA DOENÇA PELA MEDICINA CHINESA

AS INFORMAÇÕES ABAIXO FORAM RETIRADAS DO PROTOCOLO DE DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DO COVID-19 UTILIZADO NA CHINA

O Protocolo de diagnóstico e tratamento utilizado na China para COVID-19 prioriza o uso das FÓRMULAS HERBÁRIAS CHINESAS e preconiza associar a ACUPUNTURA para aumentar a potencia em todas as fases do tratamento herbário.


FASES DA DOENÇA E SEUS SINTOMAS SEGUNDO A MEDICINA CHINESA

Fse de PREVENÇÃO: 预防期

Pessoas com contato ou não com pessoas infectadas devem seguir o protocolo de prevenção regida pela Organização Mundial da Saúde e na China foi associados os seguintes procedimentos:

Alimentação: retirar da alimentação os termogênicos ( gengibre, alho, pimenta e bebidas álcoolicas)

Uso de fórmulas herbárias da Medicina Chinesa

O objetivos das fórmulas Chinesas não é matar o vírus mas melhorar as condições de defesa do organismo.

Nesta fase utiliza-se uma fórmula básica para todos:

A fórmula utilizada para esta fase tem as seguintes funções:

  • Tonifica o Wei Qi que é a substância que cobre o nosso corpo no espaço entre a pele e os músculos, que é a primeira barreira contra fatores exógenos ambientais
  • Faz com que o mecanismo diaforético ( expulsar o agente agressor pela transpiração ) seja mais eficiente
  • Tonifica o Mediano do Baço que é responsável por retirar a energia dos alimentos e nutrir todo o organismo e é responsavel pelo tecido conjuntivo onde se encontram todas as células de defesa geral como macrófagos, linfócitos e outras células.
  • Impedide a entrada do Fator patogênico vento que pela Medicina Chinesa é o fator que espalha o agente agressor pelo corpo atingindo o órgão de choque, no caso do COVID-19 o pulmão.

Se a pessoa já tiver um ambiente interior de aumento do calor ( hipertensão, diabetes, processos inflamatórios crônicos, doenças respiratórias inflamatórios, etc ) deve-se associar uma erva que drena o calor interno que é o ambiente propício para disseminação dentro do organismo do COVID-19.

Fase de INFLUENZA - Sintomas iniciais: 流感期

Diagnósticos possíveis pela Medicina Chinesa

Diagnóstico: Tipo Síndrome do Vento-frio invadindo o exterior 风寒袭表证

Manifestações clínicas: Início da febre (principalmente febre baixa), aversão ao frio, temor ao frio, calafrios, dor de cabeça, coceira na garganta, dor nos músculos, sem transpiração.

Diagnóstico: TipoSíndrome do Calor tóxico atingindo os pulmões 热毒袭肺证

Manifestações clínicas: aversão ao frio, dor de garganta e ressecamento, tosse seca, expectoração escassa, músculos doloridos , fraqueza, dor de cabeça , febre e fraqueza

Nesta fase já aprecem alterações pulmonares no exame de imagem

Diagnóstico: Tipo Síndrome do Fleuma no Plumão 濕寒鬱肺

Manifestações clínicas: Aversão ao frio, pode ou não ter febre, tosse seca, garganta seca, fadiga, fraqueza, congestão no peito, distensão ma parte superior do abdome, náusea, pode aparecer diarréia.

Fase da PNEUMONIA: 肺炎期

Diagnósticos possíveis pela Medicina Chinesa , cada Síndrome tem uma fórmula herbária específica.

Diagnóstico: Síndrome do Shaoyang com umidade 少阳夹湿证

Manifestações clínicas:Febre, que é mais pronunciada à tarde, alternando calafrios com febre, tosse, ausência de pieira, gosto amargo na boca, boca seca, congestão no peito, sensação sufocante, plenitude e distensão no peito e no hipocôndrio, irritabilidade, náusea ou vômito, falta de apetite, fraqueza. Semelhante ao estágio inicial de pneumonia.

Alterações pulmonares extensas visualidas pela tomografia.

Diagnóstico: Síndrome da Umidade-Calor afligindo os pulmões 湿热郁肺证

Manifestações clínicas: Febre baixa ou ausência de febre, tosse seca, escarro escasso, garganta seca e dolorida, fadiga, fraqueza, falta de apetite, congestão no peito, distensão na parte superior do abdome, náusea ou vômito, fezes soltas.

Diagnóstico: Síndrome da estagnação tóxica obstruindo os pulmões 毒瘀壅肺证

Manifestações clínicas: Tosse, sensação sufocante, congestão e distensão no peito, chiado pulmonar que piora com o esforço, respiração acelerada, sede, irritabilidade, urina amarela avermelhada

Diagnóstico: Síndrome do Interior fechado e Abandono do exterior 内闭外脱证

Nesta fase o paciente já deve estar na UTI

Manifestações clínicas: Confusão mental, irritabilidade, sensação de queimação ou calor em tórax e abdome, extremidades frias, respiração acelerada e necessidade de assistência respiratória

Fase de Recupação: 恢复期

Manifestações clínicas: ausência de febre, tosse seca, congestão no peito, respiração curta, falta de ar ao esforço, boca seca, fraqueza

O objetivo do tratamento pela Medicina Chinesa nesta fase é restaurar as funções pulmonares, do baço e do qi do corpo.

Nesta fase o médico da Medicina Chinesa identifica quais as áreas do organismo foram afetadas e ficaram deficiêntes e prescreve fórmulas herbárias para recuperar a saúde tonificando de forma seletiva e individual o organismo.