MEDICINA INTEGRATIVA CHINESA

Qual a diferença e como se integram

Enquanto a Medicina Ocidental combate diretamente a doença a Medicina Chinesa recupera o organismo dando condições ao próprio organismo no combate e prevenção dos distúrbios da saúde

As duas medicinas tem ação sinérgicas, uma ajuda a outra, por isso podem ser utilizadas ao mesmo tempo sem qualquer conflito.

MEDICINA OCIDENTAL

UM OLHAR PARA A DOENÇA

- Separa a mente e corpo

- Não considera o meio ambiente para estabelecer o diagnóstico e tratamento

- Não considera as reações orgânicas individuais chamadas indiossincrasias

DIAGNÓSTICO

Voltado para identificar a doença e o agente causador:

Anamnese ( ouvir e perguntar os sintomas),

Exame Físico ( pegar os sinais )

Exames complementares: laboratório e imagem

TRATAMENTO

Voltado para bloquear a doença :

Uso de fármacos que atuam sobre reações químicas ou cirurgia

MEDICINA CHINESA

UM OLHAR PARA A REAÇÃO DO ORGANISMO

os 3 núcleos MENTE, CORPO e o MEIO AMBIENTE são vistos como uma unidade.

Não separa a mente o corpo e o meio ambiente

Considera as reações orgânicas individuais

DIAGNÓSTICO

Voltado para identificar as desarmonias do organismo :

- Anamnese ( ouvir e perguntar os sintomas)

- Exame Físico ( pegar os sinais )

- Palpação do pulso Exame da língua


TRATAMENTO

Baseado no diagnóstico pela Medicina chinesa e não nos sintomas :

- Uso de fórmulas herbárias ( Fitoterapia Chinesa )

- Uso da acupuntura

- Orientação da dieta